Fashion&Style

Virou amor aos cordões

17 Julho, 2015

Tal como vos tinha mencionado há coisa de dias, em toda a minha adolescência, sempre fui uma pessoa de ténis e sapatilhas. Fosse para que ocasião fosse, lá andava eu com as mesmas sapatilhas para todo o lado, e quando eu digo para todo o lado, era mesmo para todo o lado. Lembro-me que até para o casamento da minha querida Madrinha, acabei por levar calçado, a conjugar com um vestido branco muito bonitinho e rodado, um par de sabrinas da XTI que se assemelhavam a um par de ténis dos lados e na sola. Para quem me conhece hoje, é dificil imaginar este cenário, eu sei, mas ele realmente aconteceu, e infelizmente existem fotos para o comprovar. Mas esta adição por ténis, mudou completamente no dia em que a minhha mãe me comprou o meu primeiro par de saltos altos que ainda hoje existem cá no armário e estão perfeitamente bons para uso e consumo. Eram da Stradivarius, beges escuros, de frente arredondada e com um salto simpático de 13 cêntimetros. Foi amor á primeira vista e mesmo sem nunca ter usado nada acima dos 5 cêntimetros de altura, andava com eles como se tivesse passado a minha vida inteira a andar em sapatinhos de salto.

Esse amor por este calçado tão feminino foi crescendo, e foi tendo as suas fases, passando as mesmas pelos Pumps de vários tecidos e tamanhos, os Stilletos de todas as cores e mais algumas, as Sabrinas dos mais variados modelos, e agora mais recentemente fico apaixonada com qualquer par de sapatos, sandálias, sabrinas ou seja lá mais o que for que tenha cordões. Foi um amor crescente aos cordões e a tudo o que seja atilhos no pé ou no tornozelo. E isto até tem a sua explicação lógica, uma vez que esses pequenos pormenores chamam a atenção para si mesmos e ofuscam o facto de o meu pé ser um tamanho 39/40, coisa que sempre foi um complexo para mim. Não que me faça diferença, mas acho que toda a gente preferia ter um pézinho de cinderela ou não?

Eu sei que gostava, mas ainda que tenha um pé de gigante e maior parte das pessoas me perguntar se durmo de pé, consigo sempre disfarçar as atenções para os sapatinhos bonitos e repletos de pormenores, e claro, com cordões ou atilhos.

Digam lá que este tipo de calçado não faz vista e torna um look simples, em algo mais compostinho? 🙂

Zara – 69,95€

Zara – 59,95€

Stradivarius – 15,99€

Bershka – 19,99€

Mango – 39,99€

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.