Life

Vamos falar em 3D?

22 Novembro, 2015

É verdade minhas coisas mais lindas, hoje decidi vir para aqui, neste domingo chuvoso, falar-vos em 3D para não ser sempre a mesma coisa. E que tal? Estão a gostar? Estão a sentir a diferença? Certamente que não. E foi exactamente assim que me senti ontem, após não sei quantas horas de filme numa sala de cinema.

Acabei por ir contra a minha politica de gastar só o indispensável este mês, e lá levei o mais-que-tudo ao cinema. Depois de escolher entre 3 hipóteses acabámos por escolher por nos decidir pelos “Hunger Games” que só havia opção em 3D. Tudo bem, ele nunca tinha visto um filme em 3D, e não me custou pagar mais o acréscimo do bilhete e dos óculos. Era uma novidade para ele experimentar. Mas durante todas as horas daquele bendito filme, que já agora deixem-me dizer-vos que é muito bom, sim senhora, mas a meu ver tem um filme um pouco lamechas para a personagem em questão (acreditem que só ficou a faltar o mono-volume para ser uma cena típica dos filmes românticos Americanos), a parte em 3D foi absolutamente nenhuma. Mentira, as legendas ficavam mais salientes, pronto. Temos de ser justos. Mas realmente se houve coisa se eu vi naquele filme em 3D, foi a minha dor de cabeça no final, que essa sim, parecia estar a dimensões dentro da minha cabeça.  Até os anúncios do inicio tinham mais essa particularidade do que tudo o resto.

É uma excelente maneira de levar dinheiro aos fofinhos e fofinhas que vão entusiasmados para ver um filme em 3D. É só lucro para o cinema.

E que tal? Gostaram desta conversa em 3D? 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.