Life

Uma questão de pelo.

26 Junho, 2017

20170626_122458

Chegámos ao Verão, e apesar destes últimos 3 dias mais acinzentados e sem piadinha nenhuma, o calor faz-se sentir e de maneira bastante intensa. Se nós, pessoas de livre-espírito, podemos muito simplesmente mudar de roupa para algo mais fresco e leve ou mandar uns quantos mergulhos numa piscina ou na água do mar para enfrentar este calor dos ananases que nos tirava até o sono durante a noite, muito dificilmente os nossos patudos cheios de pelo (principalmente os de pelo comprido e mais espesso) poderão fazer o mesmo.

E a pensar no meu melhor amigo, dei hoje um pulinho à Caldas da Rainha (quebrando a minha regra de não colocar lá os pés até as duas semanas de férias terem chegado ao fim), para visitar a D. Célia, a mais atenciosa e carinhosa das cabeleireiras de animais que conheço (e acreditem que já visitei umas quantas).

20170626_122444

A D. Célia, não precisa de um espaço luxuoso, nem de fazer publicidade a inúmeros produtos específicos para os animais, para que os donos gastem rios de dinheiro para ter em casa. A D. Célia faz a sua magia num pequeno espaço, sem grandes decorações ou apetrechos, e o seu trabalho passa por deixar os patudos felizes e neste caso, mais aliviados. Podem encontrar em cima da sua mesa de marcações, uma agenda, um telefone, e uns quantos manuais de raças de cães para poder indicar aos donos quais os cortes de raça ou qual o corte que poderia ser mais benéfico para os seus patudos. A D. Célia trabalha agora com os animais, aos quais dedica o seu amor e carinho, e se lhe perguntarem o porquê ela responde: “Comecei por trabalhar como cabeleireira de pessoas, mas os animais são mais simpáticos”. Percebo perfeitamente. Por vezes gostava de fazer maquilhagens e vender perfumes apenas a animais de 4 patas, a compreensão por parte deles seria muito mais atenciosa.

Hoje o Bucky foi tratar do seu pelo e eu como dona/mãe não poderia estar mais contente com o resultado, por saber que o meu animal foi respeitado e mimado como deve de ser, ao contrário de outros espaços a que já me dirigi (e que tão cedo não volto a entrar). Porque para além do preço, é importante termos em atenção os cuidados que os “especialistas” têm para com os nossos patudos, visto que nunca sabemos o que nos vai calhar na rifa.

20170626_122459

Hoje, o Bucky já irá dormir um pouco melhor, mais fresco e calmo, por ter retirado todo aquele excesso de pelo que tinha em cima. Porque se o Verão não é fácil para nós, imaginem como será para eles?

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.