Fashion&Style

Tendências de “não obrigado”

30 Maio, 2016

Nem tudo o que aparece nos blogs mais visitados, que aparece nas lojas ou que faz parte do reportório das listas de Street Style após as Fashion Week de todo o lado, podem ser do agrado de toda a gente. Muitas das vezes aquilo que numa pessoa ou num determinado local faz sucesso, não quer propriamente dizer que vá fazer noutros lados. A moda é uma coisa passageira onde o que hoje é regra, amanhã passa a ser mais do que descontinuado e é quase um crime continuar com as peças de ontem no armário.  Mas nem toda a gente é obrigada a gostar das regras, ou das tendências daquilo que é a moda hoje, e assim se define o estilo de cada um, através da escolha do que realmente nos faz sentir bem e bonitas e não de tentar agradar a meio Mundo só porque esse meio Mundo utiliza uma mini-saia com brilhos. E eu não sou excepção à regra. Se por um lado adoro andar actualizada e ver tudo o que passa pelas lojas físicas e on-line, por outro gosto de me manter fiel ao meu próprio estilo sem cometer loucuras que um dia mais tarde só vão criar uma possível situação de divórcio entre mim e a minha carteira. Prefiro manter-me fiel a mim mesma e comprar peças que daqui a uma semana não parecem ridículas aos olhos do Mundo. Mas falando de tendências actuais, passemos agora a algumas peças que estão a fazer furor por todo o lado e pelas quais eu não dava um tostão.

desfiados

Eu sei que a Cristina Ferreira usou um parzinho muito parecidos com estes numa das suas ultimas publicações, mas se há coisa de dois meses atrás vos aparecesse com um par de calças desfiadas há frente, ou me chamavam hippie ou me perguntavam se não tinha dinheiro para umas calcinhas melhores. Por alguma razão, as calças desfiadas em baixo não são de todo do meu agrado e só me fazem lembrar os anos 90. Não gosto e não faço muitas tensões de adquirir.

mules

Estas ultimas tendências acabam por algum motivo de me recordar da minha infância. Esta história dos Mules por exemplo, fazem-me imenso lembrar as socas que a minha avó usava no quintal enquanto limpava o galinheiro. Seja qual for o modelo, a cor, a marca ou a altura do salto, não gosto e não consigo mesmo gostar.

culottes

Esta ainda é daquelas tendências a que não possa dizer que odeie, mas para o meu corpo está fora de questão. Já imaginaram umas calças largueironas por baixo do joelho, seguidas pelos dois alfinetes que são as minhas pernas? Seria uma coisa bonita de se ver. Mas dou o braço a torcer nesta, até porque já vi modelos muito bonitos (e isso não inclui estas de ganga da Zara) e que ficariam fantásticos em certas pessoas que conheço. Em mim não é o caso. #skinnygirlproblems

E vocês, são fãs de todas elas, ou também lhes torcem o nariz quando passam por elas nas lojas? Quero saber as vossas opiniões. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.