Outros

Tagarelas de cinema

17 Junho, 2013

Pois bem, todos vocês conhecem os tipicos tagarelas que se sentam perto de vocês no cinema e não param de falar. Quase parece que o filme poderia parar se eles não estivessem a fazer o raio do relato. Foi o caso de ontem. O mais-que-tudo lá percebeu as dicas que lhe ia dando e levou-me ao cinema para ver o tão esperado “Velocidade Furiosa 6”. Bons lugares, sala não muito cheia, bebidas refrescantes e um balde de pipocas enorme que não durou nem metade do filme. Até aqui parecia tudo bem, não fosse as três pessoas que estavam na mesma fila de bancos que nós, que passaram o tempo todo com expressões de admiração, comentarios sobre os antigos filmes e os risos histéricos cada vez que alguém era atirado ao chão ou levava um tiro. Ok, eu sei que o filme pode ter algum suspense – não sei bem onde, mas dou o beneficio da duvida -, mas isso não é razão para passar o tempo todo do maldito filme a mandar bitaites para o ar. Ainda perguntei á senhora se se importava de fazer um pouquinho de menos barulho, mas ao que parece a senhora inda levou a mal. Por isso, pus-me a pensar, não seria bom ter-mos de volta aqueles senhores que andavam pelas salas de cinema, de lanterna na mão, a controlar os lugares e a ver se todos estavam caladinhos? Realmente acho que com a falta de respeito que existe hoje, esses senhores ainda eram capazes de voltar com o pacote das pipocas enfiado pela cabeça abaixo caso mandassem calar alguém. Mas até poderia ser uma boa ideia. O meu pensamento ontem era só este : “Senhora, eu paguei para ver o filme, não para ouvir o relato”. Mas não o disse para não ofender. É que sinceramente parecia que estava a ouvir um jogo de futebol em casa ou algo do género. Só para terem uma ideia de como foi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.