Outros

Que desanimador

29 Novembro, 2012

Isto de estar de folga e ficar em casa não têm nada de agradável, muito pelo contrario, até fico sem inspiração para escrever coisinhas bonitas aqui no meu bebé. Poderia vir para aqui escrever as vantagens de passear o cão(meu rico e adorado pingas), como fazer uma sopa ou os sentimentos de ansiedade pura a ver os desafios nos cozinheiros no “Masterchef USA”. Poder podia, mas acabava por não ter muita piada. É que nem em termos de guarda-roupa posso adiantar muito, pois o estilo foi muito casual, leggins, ténis, camisola de lã e casaco de ganga. Pois não é necessário andar de saltos altos ou de um micro vestido para andar a correr com o cutxi mais bonitinho que tenho( sem contar com os 20 gatos), isso é certo. Já para não mencionar que está imensamente frio, mesmo estando ao sol, e quando ele desaparece atrás de uma nuvem, Meu Deus! Congelação total. Mas isto não é nada que as pessoas bonitas, que saem de casa todos os dias para os seus bonitos trabalhos, não saibam. Mas voltando ao aborrecimento de estar em casa. É só desvantagens: ficamos mais tempo no sofá em frente á lareira, a ver tv, e com este processo ganhamos uma fome estranha que aparece de repente, vinda sabe-se lá de onde. E lá vamos nós enfardar mais um pacote de bolachas ou de batatas fritas que ainda existia na despensa. Depois não se queixem. Podem sempre fazer como eu, que depois de ganhar coragem para tirar o traseiro do sofá, ganhei ainda mais coragem para jogar WII, o que já deu para mexer um pouquinho e acordar-me do transe em que estava. Mas enfim. Malditos dias de folga sem sair de casa. Desanimam qualquer um.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.