Life

Os senhores-muito-bem-compostos da nossa televisão.

29 Março, 2017

Cópia de blooming

Ora bem, acho que temos urgentemente de falar sobre isto, até porque sejamos sinceras, estamos a gostar do caminho que isto está a levar. Não sei se já repararam (se têm olhinhos na cara e uma televisão em casa, claro que já), mas os homens estão a chegar às nossas televisões. Em anúncios, claro está. Primeiro surgiu a polémica do anuncio da manteiga Planta, onde se podia ver um senhor muuuuuito bem composto (que aparenta não comer uma pitada que seja da mesma), a preparar o pequeno-almoço da sua companheira e tal e coiso. Todo ele sempre despido da cintura para cima, chamando assim a atenção das senhoras cá em casa, até porque sejamos sinceras: quem é que faz maior parte das compras de mercearia para a casa? A Mulher. Quando demos por nós, para além de termos o senhor-muito-bem-composto escarrapachado nas nossas televisões, eis que agora temos anúncios espalhados por tudo o que é rua e paragens de autocarro. Não é que uma pessoa se importe muito com isso.

Agora, eis que a moda pegou e a marca de detergentes para a roupa SURF foi a mais recente a seguir o exemplo. E agora, temos outro senhor-muito-bem-composto em tronco nu a lavar a sua camisa branca e a passar a mesma a ferro. Isto porquê? Quem é que lava a maior parte da roupa lá em casa? A Mulher. E que interesse é que as Mulheres têm em ver outras Mulheres a lavar a roupa ou a fazer uma torrada? Nenhum. Normalmente a coisa envolvia crianças, de maneira a (como diz o meu patrão) passar da razão para a emoção, e sabe-se lá porque as crianças em anúncios despertavam um lado mais emotivo. Mas estes novos anúncios com senhores-muito-bem-compostos são realmente um outro lado da emoção e garanto-vos que vende mais do que as crianças todas sujas de lama dos pés à cabeça a entrar pela a casa a dentro para colocar a roupa dentro da máquina de lavar, lembrando-nos do trabalho que ainda temos para fazer ou a típica situação das crianças a brincarem com chocolate nos lençóis e quando a mãe chega ainda se ri, como se tal fosse possível na vida real (se fosse com a mãe, tenho a certeza de que risos haveriam muito poucos). É muito mais apelativo ter uma criatura com tudo no sitio a fazer-nos o pequeno-almoço ou a fazer-nos metade das tarefas de casa, como lavar e passar a roupa, e ainda que na vida real não seja bem assim, é muito mais agradável de imaginar.

Sim, os senhores-muito-bem-compostos vieram para ficar e nós não nos importamos nada com isso. Perfeito, perfeito, era termos os nosso mais-que-tudo a inspirarem-se no raio dos anúncios.

  1. Verdade seja dita, foi a SURF que começou “A moda” com os anúncios/vídeos nas redes sociais 😉

    Beeeem realmente, de repente… vou começar a deixar a roupa no cesto a ver se ele se oferece para a ir lá lavar 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.