Outros

Orgulho Próprio

8 Junho, 2013

Hoje foi um dia de conquistas. Um dia cansativo, tenho de admitir, mas bastante produtivo, não só em termos de trabalho, mas como em termos de auto-confiança. Hoje, foi então dia do baile de gala de Óbidos e como não podia deixar de ser, as meninas querem estar todas no seu melhor, e foram todas – se não foram, assim me pareceram – marcar as maquilhagens para este dia. Até aqui tudo bem, tudo normal, não fosse o facto de serem oito e todas seguidas umas ás outras, com tempos de meia hora. Só a determinação do fator tempo, me deixou os “nervos em franja” e ainda para mais o evento que era, em que não se pode levar qualquer coisinha. Mas a coisa até correu bastante bem, e as maquilhagens ficaram melhores do que inicialmente pensei conseguir fazer. Fiquei orgulhosa de mim mesma. Nem parecia a mesmo pessoa que tinha entrado por aquela loja duas horas antes semi-aterrozida, pois saí de lá com um sorriso de orelha a orelha e a cabeça levantada. Podia ser por vir de férias, mas não. Era nada mais, nada menos que puro orgulho de mim própria, por ter conseguido algo que me assustava, por assim dizer. Passei a ultima semana a dizer “vou conseguir, vou conseguir” e a verdade é que me mesmo estando nervosa, consegui. E modestia á parte fiz um excelente trabalho. Tudo se consegue quando queremos acreditar que o mesmo é possivel, ou que temos força para o fazer. Agora não andem por aí todos convencidos a dizer que sabem, fazem ou conseguem e depois são apenas palavras. Não o digam aos outros, eles não importam. Digam-no a voces mesmos e á vossa mente que por vezes é traiçoeira. Mais ninguém tem que saber se não voces. Somos uma geração forte e a verdade é que temos um poder de mente esplendoroso. A nossa pequenina cabeça controla tudo, até a maneira como o dia corre. Ora bem, isto tudo para dizer que estou imensamente orgulhosa de mim mesma, e digo isto não querendo parecer muito egocentrica – porque nem é o que parece nem nada -, mas sim com a motivação e força que obtive por mostrar que sou capaz de algo se me empenhar bastante. Venham mais bailes de gala ou outras festividades. A prática leva a perfeição, não é o que se costuma dizer?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.