Outros

Obsessão a puxar para o estranho

5 Dezembro, 2012

O que raio se passa com as meninas desta nova geração? Qual é a razão para o enorme fascínio pelo Justin Bieber, ou como na loja gostamos de o chamar, Justino. Pergunto-me se as musicas que canta são algum encantamento disfarçado para fazer com as pequenas garotas fiquem de queixo caído e que se o virem a frente, lhe arrancavam os membros todos, só para levarem um bocado do dito cujo. É uma visão um bocado horripilante, como que saída de um filme de terror, mas tendo em conta os episódios de histerismo a que tenho assistido por causa de um cartaz, só posso supor este tipo de cenário caso o vissem em carne e osso. Até chego a ter pena do menino. Imagino a quantidade de seguranças que deve ter de levar para todo o lado, só para não chegar a casa sem algum bocado. É que sejamos sinceros, o Justino canta bem, mas também já foi melhor cantorzito do que é agora. Acho que deve ser moda para aqueles lados, começar com um estilo musical assim muito fofinho e depois começar a puxar para o nojentinho. Mas pronto modas são modas e quanto muito temos que as respeitar. Mas por favor tenham a piedade de não desmaiar quando virem o cartaz do rapaz nas Perfumes&Companhias de todo o País. Juro que já tive imensas vezes para agarrar no telefone para chamar o 112, com a quantidade de suspiros e berros a misturas. Quem acaba por se assustar sou eu. O cartaz devia vir com o manual de instruções para primeiros socorros. As vezes tenho mesmo vontade de rir com cada situação que lá aparece, mas pronto, temos de ser profissionais e o cliente tem sempre razão(ou quase). Já ouve até quem me perguntasse se o cartaz era para venda. Cheira-me que se fizesse um leilão ainda fazia uns trocos valentes. Infelizmente temos de nos aguentar com o menino(e os histerismos) mais uns tempinhos lá na loja. E não pensem que é fácil la ter “a mascote”. Se fossemos a contar a quantidade de vezes que íamos morrendo de susto por pensar que era uma pessoa que estava ali, não chegávamos a desembrulhar os presentes de Natal. Não, não é fácil, mas são ossos do oficio. Venham de lá as meninas perdidas de amores pelo Justino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.