Life

O meu blog é um espaço de palavras. E ponto final.

12 Junho, 2017

Pergunta: Teria mais sucesso que entrasse na onda dos vlogs?

Esta é uma questão que já não me sai da cabeça há algum tempo, e por algum tempo, não estamos a falar de dias nem de semanas, mas sim de meses. Meses esses que passei a ver a quantidade de blogs correctamente bem escritos (e não, não estou a falar do meu, onde a quantidade de erros ortográficos e frases sem nexo é tremenda),  a tornarem-se em descrições anunciadas por vídeos cheios de efeitos. É este o futuro dos blogs pessoais?

Deixaram as palavras de fazer sentido? Deixou uma frase escrita, por quem não a consegue transmitir de outra maneira, de ter qualquer tipo de impacto na sociedade? Serão os vídeos, a única maneira de fazer chegar a nossa opinião a terceiros?

Quando criei este blog, a minha ideia nunca foi ser alguém importante, como os respectivos criadores dos blogs de todo que são convidados para tudo e mais alguma coisa ou que passam a vida a receber coisas em casa para poderem expor as suas opiniões sobre os produtos. Nada contra. Mas a minha ideia sempre foi expor aquilo que me agradava, aquilo que ambicionava, aquilo que me incomodava ou até mesmo aquilo que me fazia chorar.  Passar as minhas ideias a quem estivesse disposto a perder 5 minutos a ler as mesmas. Os looks do blog já foram muitos, e a maneira como exponho os meus ideais nele também foi mudando ao longo dos tempos. Hoje em dia gostava apenas de transmitir uma imagem e um estado de espírito mais adulto, mas tirando isso, acho que não mudava nada. E até bem recentemente houve quem me relembrasse que o meu blog é perfeito da maneira que é, da maneira que é escrito e apresentado às redes sociais, porque sou eu. Uma representação daquilo que consigo ser, com toda a minha alegria, rabugice, paixão por sapatos e até com todos os posts a reclamar de algo. Assim sou eu na vida real.

Por mais que tente, não me parece que o futuro do meu blog passe por uma versão vlog ou pelos vídeos tutoriais, apesar das várias tentativas ou pedidos dos mais próximos. De certa forma não me parece que consiga transmitir o mesmo. Até porque se voltarmos ao dia 9 de Outubro de há 4 anos atrás, o objectivo deste blog criado sem apresentações ou objectivos a cumprir, era dizer tudo aquilo que eu não conseguia através da fala. As palavras escritas tomaram as rédeas e tornaram este blog no projecto (ou no hobby, como prefiram chamar), mais duradouro que tenho e aquele de que não tenho vontade nenhuma de excluir da minha vida. Por mais negativas que sejam as minhas visualizações diárias, que admitamos não são assim tantas. Ainda assim, continuo a escrever. Continuo a tentar colocar assuntos interessantes, assuntos úteis ou simplesmente aquilo que me passa pela cabeça, passando pelos novos sapatos da Zara que não me saem da cabeça, até ao quanto me sinto frustrada com a vida em geral.

Num futuro muito distante, não vos digo que não ganhe finalmente coragem para criar um tutorial em vídeo, mas por enquanto as palavras escritas continuam a ser as minhas melhores amigas, e se isso não for suficiente para muitos, para mim chega muito bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.