Outros

Nós e os Homens

18 Outubro, 2013

Desde algum tempo que venho a reparar que muitas da mulheres poderosas que me rodeiam (e acreditem são muitas), não sabem dizer que não aos seus respectivos homens. Ou melhor, dizer até dizem, mas passado cinco segundos já estou de volta deles a dizer que sim. A única mulher que conheço que raramente faz isto, e acreditem que é mesmo raramente, é capaz de ser a minha mãe, que quase nunca diz que sim ao meu pai e mantem a sua posição até ao fim. Ora desde já informo que este post não serve para julgar ninguém, até porque eu faço o mesmo e já sei que vai haver muitas meninas que me vão dar directamente na cabeça por estar a escrever isto aqui. O post serve apenas para constatar um facto.
Quantas vezes, alguma de vocês de chateou com o namurado ou marido, e passado algum tempo acabam por lhe dar razão ou a pedir desculpa, só porque já não aguentam mais a espera que ele volte a dizer alguma coisa? Conheço algumas pessoas assim, e muitas vezes acabo por cair nesta mesma situação. Não digo que seja uma atitude má, até porque devemos dar o braço a torcer, mas apenas metade das vezes. Não tornem os vossos homens, os reis do Mundo por acharem que têm sempre razão e fazem tudo bem. Nada disso. Quando tiverem uma discusão com o vosso mais que tudo sobre o facto de ele ter perdido a vossa chave do carro no dia anterior e afinal ela acaba por aparecer no vosso bolso do casaco, custa admitir o erro e engolir o orgulho, mas minhas caras senhoras, tem mesmo de ser. Agora se ele se esquecer da data do vosso aniversário, dando a desculpa de andar com muito trabalho, não há misericordia para ninguem.
Eu sei que estou para aqui a falar de situações bastante ligeiras, mas este é um assunto que pode ser bastante grave. Tal como todas sabemos, existem mulheres que sofrem bastante todos os dias, mas acabam por dizer que sim, e muitas vezes, dizem elas ser por amor. Esta história não me convense. Por medo, por questões paternais, talvez sim. Agora por amor acho dificil de acreditar.
Existem homens bons no Mundo, e acredito que todas estamos destinadas ao principe encantado, mas por outro lado também existem bastantes sapos por aí.
Não sei muito bem o porquê de hoje estar para aqui a falar disto e acho que o texto não faz muito sentido, mas eram basicamente as palavras que me saiam pelos dedos.
Ponto da situação: (e agora aligeirando a coisa mais uma vez) para as meninas que conheço, mas não digo nomes, tornem-se por algumas vezes no homem da vossa relação e façam a coisa pelo lado mais dificil. Também é bom, eles perceberem que não somos apenas algo que já obteram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.