Life

MdM Travels – Serra do Gerês

17 Agosto, 2016

Pode não ser o destino de sonho para toda a gente, mas para alguém que como eu, já não fazia viagens de férias há coisa de 4 anos, sabe pela vida uma pequena aventura pela Gerês, e mais ainda não fazendo parte do reportório habitual de destinos de férias de Verão. Confesso que apesar de todos os anos os meus Pais dedicarem uns dias a este destino especial para eles, nunca tinha tido a oportunidade de os acompanhar e conhecer mais um pouquinho deste nosso Portugal que tantos encantos tem para nos mostrar. E sem mais nem menos, este foi o ano dessa mesma oportunidade. E foi fantástico.

Se ainda não conhecem a lado norte do nosso pequeno mas bonito País, comecem a pensar em conhecer, porque só vão ganhar imenso com isso, tanto em termos de cultura como de paz de espírito com todas as paisagens e locais pacíficos que vão encontrar por lá. Garanto-vos que se procuram um local para relaxar, podem esquecer as praias e os destinos mais turísticos devido ao sol que se apresenta nos mesmos, e optem por locais mais tranquilos e serenos, tal como os cantinhos da Serra do Gerês. Venho mostrar-vos alguns locais que talvez gostassem de conhecer por lá, caso decidam que este seria o destino perfeito para as vossas férias, onde conseguem obter um excelente bronzeado sem o stress e a confusão das pessoas que passam ao lado da vossa toalha e por alguma razão decidem encher-nos de areia com pés que mais parecem barbatanas ou sem a típica situação das conversas extremamente altas quando apenas queremos fazer um pequeno sono de beleza na praia. Para todos aqueles que procuram o descanso e ainda as vantagens do sol conjugadas com a beleza natural da nossa querida natureza, deixo-vos aqui os locais a explorar lá por cima.

  • Cascata de Pitons de Junias

DSC_0102

DSC_0087

O acesso não é dos mais fáceis, devo confessar. É mais indicado para quem procura um pouquinho de adrenalina até chegar à recompensa que neste caso se representa na forma de umas belas cascatas cobertas de vegetação do mais verde que existe onde podem relaxar a ver um belo por-do-sol enquanto a água gelada das cascatas vos relaxam os músculos. Se não tiverem medo de se sujar com todo o tipo de terra e ervas ou de estragar as unhas enquanto escalam um caminho de terra e rochas em bruto durante 550 metros, este é o local indicado para vocês. E acreditem que compensa imenso o caminho atribulado. Não indicado para levar crianças mais pequenas devido ao caminho de dificil acesso.

  • Cascatas do Tahiti

DSC_0295

DSC_0288

Um ambiente um pouquinho mais familiar onde se sente um pouco mais de segurança quando se trata de ter os juniores da família convosco. Com algumas baías de maior profundidade e umas de menor, este é o local indicado para agradar a todos, sendo que as crianças podem brincar em seguranças nas baías de menor profundidade e maior largura e os mais aventureiros podem mergulhar de cabeça e fazer mil e uma acrobacias nas baías mais profundas. Ainda que seja sempre preciso ter atenção onde se coloca os pés para evitar o risco de cair pelas cascatas abaixo juntamente com a água, este é um excelente local para passar o dia com a família.

  • Rio Toco

DSC_0185

DSC_0256

Sem dúvida o meu local preferido e de certeza o de muito mais gente. Um espaço tão tranquilo em que a única coisa que se ouve como barulho de fundo são os pássaros a voar perto e a água a correr nas cascatas. Um espaço perfeito para relaxar ao sol e sem muita gente a invadir o nosso espaço e a nossa tranquilidade. De fácil acesso, tem ainda uma barraquinha perto onde podem adquirir um almoço rápido que vos permite voltar sem demoras ao espaço mais bonito e calmo do Gerês. Caso ainda restassem dúvidas, volto a repetir que este é o meu espaço preferido de toda a viagem. E já vos mencionei as massagens gratuitas dos peixinhos destas águas tão cristalinas? Ah pois, ainda têm essa vantagem.

  • Cascata do Arado

DSC_0310

DSC_0311

Ainda que as temperaturas extremamente altas dos últimos dias tenham causado alguma secura por esta zona, fazendo que a cascata não tivesse água absolutamente nenhuma a correr por entre as suas rochas, conta quem já a viu no seu auge, que esta é das cascatas mais bonitas desta zona. Por acaso gostava de a ter visto com um pouco mais de água. Acredito que a paisagem fosse extremamente bonita.

  • Praia de Ipanema

DSC_0332

DSC_0333

Para quem não se rende a esta coisa da escalada e de toda a história das cascatas com todas aquelas rochas e acessos do demónio, eis que a praia de Ipanema é o ideal para vocês. Uma praia fluvial com bastante espaço para colocar as vossas coisas onde o acesso é feito da maneira mais simples possível e onde podem encontrar bastantes cafés para comer um gelado ou beber algo fresco. Ainda que no dia em que a visitei, estava repleta de emigrantes franceses tornando-a um pouco mais barulhenta, costuma ser um local até bastante calmo.

  • Castelo de Montalegre

DSC_0042

DSC_0057

Caso estejam mais interessados na parte cultural da viagem podem sempre visitar o Castelo de Montalegre e toda a área que o rodeia. As paisagens são muito bonitas e é sempre uma mais valia para o vosso percurso de viagem.

  • Miradouro Velho

DSC_0326

DSC_0317

E se se quiserem sentir mesmo pequeninos, basta visitar o Miradouro Velho que fica mesmo nos topos de quase tudo e de onde conseguem vistas maravilhosas e fotografias ainda melhores. Devido ao fumo que se fazia sentir por causa de todo os fogos da zona, as minhas ficaram com um aspecto de névoa, mas para quem conseguir visitar agora que os perigo passou, acredito que faça maravilhas até com a câmara fotográfica mais simples. Acreditem que a paisagem faz o trabalho quase todo.

Caso ainda não estejam convencidos, investiguem diferentes fotos destes locais e de outros mais que possam ser encontrados por aqui. Como diz o Pai, seria preciso um mês inteiro para ficar a conhecer e aproveitar ao máximo cada cantinho do Gerês. Mas valia completamente a pena. Que vos parece? Tentador?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.