Beauty

Falta muito senhor Alaïa?

15 Julho, 2015

Ainda não saiu sequer uma públicidade que seja em Portugal e eu mal posso esperar para que chegue ás lojas. Falo do novo e primeiro perfume do estilista Azzedine Alaïa, que vai ter nada mais, nada menos do que o nome da marca, respectivamente “Alaïa”.

O senhor Alaïa, é um dos poucos estilistas que continua a criar a sua própria moda e a trazer à vida as suas ideias sem pouco se importar com as tendências que estão em voga na estação, sem querer saber das épocas da looucura dos desfiles e das modelos que fazem mais capas de revista. Ele veste quem quer, cria o que quer e mostra-o quando quer. E assim é que se define um estilista que não se vendeu a modas por meros tostões, apenas para ser mais comercial. Algumas das criações do senhor Alaïa não me passam obviamente despercebidas, sendo criadas exclusivamente para fortalecer os melhores traços fisicos de cada mulher, as suas criações acabam por ser peças únicas e sem defeitos alguns (desafio-vos a tentar encontrar algum vá), e como não podia deixar de ser, morro de amores por algumas peças de calçado do mesmo, que têm a exclusiva particularidade de serem modelados com laser de modo a não haver as tipicas costuras e volumes de um lado ou do outro. Garanto-vos que se vissem um par destes, conseguiam ver logo a diferença. Penso até que já publiquei por aqui alguns pares de sapatos da marca como referencia do “Sapatinho da Semana”.

Mas voltando ao que me trás aqui hoje e que me fez estar para aqui com esta lenga-lenga toda para vos apresentar o senhor que criou o perfume dos meus sonhos.

Seguindo o design de alguns dos seus modelos de recortes a laser, o frasco negro, com apenas evidência para o dourado do nome e da tampa é de uma sofisticação e simplicidade tremenda. E tal como a moda que cria, não é destinado para ser comercial e para agradar a toda a gente. Mas a mim já me deixou rendida, e apenas senti o aroma no papel. Com as suas notas de pimenta rosa, almíscar e peônias (vejam só, a minha flor preferida), esta é daquelas fragrâncias que não pode faltar na minha cómoda, junto aos outros de grande nome e aroma. A seguir ao “Black Opium” da Yves Saint Laurent, o “Alaïa” passou a ser o meu perfume preferido. Agora só falta mesmo chegar ás lojas. Ainda falta muito senhor Alaïa??

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.