Outros

Educação canina

11 Setembro, 2013

Como agora já tenho um “filhote”, tento fazer como se fosse a uma criança pequena. Ensinar todos os passos e mais alguns. Mas sendo o “pikeno” tão brincalhão, o processo está um pouco demorado.
O que também ainda parece que vá demorar é conseguir que ele aprenda a fazer as necessidades no sitio certo, ou neste caso fora de casa. Ouve quem me tivesse dito que como é um cão de raça pequena, era costume habituar-se como os gatos a fazer as ditas necessiades nas caixas de areia. Isto seria muito mais facil se ele não comesse a própria areia. Mas as insistencias continuam e acredito que um dia ei-de conseguir(ou então nunca). Na relva é outro dilema. Estou com ele lá fora durante horas e ele não faz absolutamente nada. Assim que o levo para dentro, deixa-me logo um presente. Acredito que na pequena cabecinha dele, ele acredite que os presentes que me dá, me deixam muito contente e é por isso que me dá tantos. Mas temos de ter paciencia.
Entretanto fui pesquisando algumas coisinhas na internet(que não serve só para coisas futeis), e encontrei um artigo sobre este assunto que achei curioso. Passo a citar:

Escolha um local lá fora para ele fazer suas necessidades. Ter um local que o animal associe com a ida ao banheiro irá ajudá-lo a aprender a não fazer as necessidades em casa. Ele começará a querer ir até esse local determinado para se aliviar e eventualmente irá aprender a esperar até que você o leve lá, ao invés de fazer as necessidades dentro de casa.

  • Use palavras para reforçar a associação do filhote com o local. Diga “banheiro” quando você o deixar no local. Não use a palavra em lugar algum, excepto nesse lugar.
  • Muitas pessoas escolhem um local afastado no quintal, às vezes um lugar que esteja cercado, como o local onde seu cão deve fazer suas necessidades. Se você não tiver um quintal, escolha um próximo de sua casa ou apartamento. Não importa onde seja, contando que você leve seu filhote para o mesmo lugar todas as vezes.
Para quem quiser saber mais, ou até ver os outros tópicos do site, pode faze-lo aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.