Life

Easter Ready.

26 Março, 2018

A Páscoa chega este fim de semana, e se para muitos a mesma passa pela compra de Ovos Kinder Gigantes e de pacotes de amêndoas que dão vontade de ficar a babar só para os pacotes, para mim a Páscoa é todo um outro processo. Para quem não sabe, sou Madrinha oficial de uma pequena fofura do sexo feminino, a minha Laurinha, e Madrinha emprestada de mais dois dos seus irmãos, a Lúcia e o Lucas. O meus L’s perfeitos. O que tento dar a um, dou aos outros, e gosto que o mesmo seja assim, seja Natal, Páscoa, aniversários e afins.

Na Páscoa, a escolha dos mimos tradicionais complica-se um pouco, não pela falta de escolha, mas por questões de saúde. A pequena Lúcia, a “mana do meio”, é alérgica a frutos secos, o que significa que o consumo dos mesmos está fora de questão. Agora, tentem lá vocês encontrar qualquer pacote de amêndoas, ovos de chocolate ou qualquer coisa Páscoa-related que não envolva frutos secos? Acreditem em mim quando vos digo que a minha pesquisa a nível de supermercados e superfícies de maior dimensão é mais do que extensa e que já li todos os rótulos e mais alguns de todos os produtos possíveis. Simplesmente não há. Todas as extensas listas de ingredientes contêm a mesma frase: “Pode conter vestígios de frutos secos”. Acaba por ser enervante.

Portanto, a minha missão na Páscoa, tanto nesta que se aproxima, como nas de anos anteriores, passa por magicar presentes com guloseimas para os meus pequenos, que não envolvam frutos secos. Por norma acabo por me dirigir para o mesmo caminho, passando por chupas, gomas, rebuçados e outras guloseimas do género, mas tento sempre tornar a coisa o mais carinhosa e fofinha para os meus pequerruchos.

Este ano, a TIGER foi uma grande ajuda, visto que nos proporcionou com uma quantidade de produtos de decoração e outros inspirados nesta quadra, e foi por lá que comprei estes pequenos cestos de velcro com formas de coelhos e pintainhos, e os chupas a condizer para ficar tudo bem bonitinho. Enchi os cestinhos com as ditas guloseimas seguras para a pequena e fechei os mesmos com película aderente e um lacinho dourado. Simples, fácil e apenas bastou um bocadinho de dedicação, amor e carinho para criar este mimo de Páscoa. E eu não podia estar mais contente com o resultado. E espero que os pequenos também. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.