Life

E bastaram apenas 4 dias.

13 Dezembro, 2016

E carradas de força de vontade. É verdade, muita força de vontade. Acho até na realidade que devo ter chegado a comprar força de vontade engarrafada ou em pacotes, porque conhecendo a minha alminha como conheço é de estranhar que tenha conseguido passar 4 dias sem doces e açucares em demasia.

Passo a explicar a situação, que é do mais normal que existe quando se trabalha na mesma loja que eu e se chega finalmente ao mês do Natal, em que a loucura e os nervos passeiam juntinhos na camada mais fina e superficial da pele. Resumindo, a solução para nós lojista, passa por ter uma gaveta repleta de doces, bombons, rebuçados, chocolates, açúcar até enjoar basicamente, para repor os nossos níveis enquanto passamos aqueles que são os nossos dias com clientes fáceis e simpáticos (só que não). Até aqui tudo bem, já é coisa do costume, e por esta altura o nosso corpo já está habituado a ser todo maltratado interiormente, ou pelo menos o meu, visto que só descanso quando um pacote de gomas chega finalmente ao fim, o problema foi quando comecei a olhar mais vezes para o espelho e a ver cada vez mais borbulhas, pele irregular e sem piadinha nenhuma. Quase parecia que não dormia mesmo nada ou que não conseguia descansar. Pensei para comigo mesmo o raio poderia eu estar a fazer a mim mesma, para chegar a este estado tão esquisito. Continuava com a minha rotina extensiva de limpeza, hidratação e prevenção, continuava a beber água com regularidade, até que me lembrei da má alimentação que andava a fazer nos últimos tempos, passando não só pelos doces comidos numa semana que davam muito bem para um ano, mas também devido ás refeições de comida rápida, ou Fast Food (como queiram chamar), que se tornou também uma constante. Poucas eram mesmo as refeições que levava de casa para as pausas no trabalho. Foi um sinal de alerta.

Relembrei-me das minhas ultimas análises ao sangue em que o nível de colesterol estava nos 230, e pensei: se a minha cara está neste estado, imagino o resto do corpo por dentro”. E foi o que bastou. 4 dias depois, 5 se contarmos com o dia de hoje, livre de açucares e comidas impróprias para consumo em demasia, a minha pele mostrou-me logo a diferença e neste momento parece muito mais saudável e bonita. Substitui os rebuçados por framboesas (para quando apetece petiscar), as sobremesas por fruta, a comida cheia de óleo por comida feita no forno e sem excesso de gorduras e as tortas de chocolate por bolachas de aveia e pepitas de chocolate. Não foi uma ideia parva de que estou gorda nem que de que preciso de perder peso, nada disso, apenas uma tentativa de me manter o mais saudável possível, mantendo o meu corpo de bem comigo. Se por acaso houver uma tentação de vez em quando, e até porque é Natal e as goludisses estão logo ao virar da esquina, não me vou sentir assim tão culpada. E já vos disse a minha pele ficou muito mais bonita? (eu sei que sim, mas queria ver se vos dava um empurrãozinho para seguirem o exemplo 😉 ).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.