Life

E aqui está ele. Para mal dos meus pecados.

27 Outubro, 2016

Resultado de imagem para halloween

Já cá está, já cá chegámos. Chegamos mais uma vez ao único período do ano que dispensava de qualquer maneira ter de ver, ouvir ou sentir de todas as formas possíveis e imaginárias. Chegámos mais uma vez ao fantástico (só que não) Dia da Bruxas, ou Halloween, como queiram chamar. Por norma, esta coisa do dia dedicado ao sobrenatural e a todo o Mundo do oculto e afins não é de todo a minha praia e não ficaria minimamente descontente se pudesse completamente passar-me ao lado, sem todos as festividades, as músicas, os filmes e mais ainda, os disfarces. Sabem os Santinhos lá de cima o quanto eu odeio esta coisa toda do Halloween e se por acaso me estão a chamar de mariquinhas, acreditem que não me faz confusão nenhuma, porque sim, eu tenho medo deste dia e de tudo o que nele está envolvido.

Por norma, esta é uma festividade com a qual não tenho de lidar muito, até porque em Portugal não era coisa que se praticasse a 100%, mas desde há uns tempos para cá, parece que virou moda recriar tudo aquilo que a população fora da nossa fronteira faz e por isso mesmo, este ano é o Ano em que vou andar completamente em pânico por essas ruas foras e o Ano em que vou ter de lidar com isto em todas as vertentes, incluindo no local de trabalho, onde pelos vistos se lembraram de celebrar também esta data, que poderia incluir apenas as boas das promoções, mas não, gramo também com as maquilhagens alusivas ao temas. Resta-me apenas esperar que as pessoas que as fazem não as saibam fazer assim tão bem quanto isso e que as mesmas não se pareçam com as coisas mais realistas de sempre. Vão ser dias MUITO complicados, com MUITAS noites sem pregar olho.

  1. Transforma o halloween numa coisa engraçada e como um desafio a nível de maquilhagem, existem caveiras bastante engraçadas e nada assustadoras em que te podes inspirar 😉 sabes que bruxas há os dias todos :p
    Love you, quando puder vou fazer-te uma visita e “deschatear-te” <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.