Outros

Chuva vai-te embora!

4 Abril, 2013

Pois é. É exactamente neste estado que se encontra grande parte das estradas do concelho do Cadaval, imagino que nos outros também, mas só tenho conhecimento deste. A chuva continua a cair e os estragos continuam a aumentar. Já não há quem aguente. A minha relva está do meu tamanho quase e claro está, não a posso cortar devido ao facto de a terra estar completamente ensopada. Já á um mês que para dar comida aos caezinhos fofinhos que gosto tanto, tenho de ir de galochas, caso contrario, ficava enterrada de lama até aos joelhos – já não era a primeira vez.  O mais engraçado disto tudo é que apesar de todas as estradas terem algum problemazinho destes, a maior concentração que vi foi exactamente no concelho do Cadaval, e mais engraçado ainda é não existir ninguem da Camara Municipal a fazer alguma coisa para arranjar estes estragos. Por exemplo, nesta imagem seria mais facil chegar lá agora e retirar a terra em excesso que caiu, certo? Pois, para os senhores da Câmara Municipal do Cadaval, o mais facil será quando estiver tudo mesmo a bloquear as duas vias da estrada e ninguem poder passar e ser preciso uma empresa de máquinas para tirar e arranjar a estrada. Uma maravilha de pensamento, como é que o País havia de andar para a frente com toda esta motivação de trabalhar e proteger e preservar os Municipios? E este foi só o exemplo que fotografei a duas manhas atrás – hoje ainda está no mesmo sitio – , no caminho para a Vermelha, o estrago ainda é maior, pois a terra que está a cair chega mesmo a partir a estrada, mas acham que alguém se preocupa em arranjar agora enquanto é facil? Quando tivermos as estradas fechadas e for necessário atravessar atalhos acrescentando quilométros e quilómetros há nossa rotina diária só para chegar ao trabalho, o mundo será muito mais feliz e menos stressado. Realmente, andamos nós a eleger presidentes e etc, para ter este trabalho (não) feito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.