Outros

As despedidas

26 Abril, 2014

Este País cada vez me destroi mais um pedacinho de coração a cada dia que passa. Todos os dias existe mais despedida que têm de ser feita. Mais lágrimas são derramadas em sinal da saudade que um dia vai existir. Ficam apenas as fotografias que captaram momentos de riso, amizade, amor e carinho. Este problema das despedidas começa a ser uma constante neste País que apenas se preocupa com as aparencias, e onde a crise é disfarçada com ruas bonitas. Neste País, onde tenho de dizer Adeus aos que me são tão queridos. Familia, amigos. Já lhes perdi a conta á quantidade de vezes que o Adeus foi das mais dolorosas palavras que disse, e que agora vou proferir em breve. Este País, que continua a retirar do meu conforto o calor das pessoas e substitui apenas por lugares vazios que nunca irão ser preenchidos. Neste País, a Saudade é a palavra em ordem e a que mais faz sentido nos nossos dias. A Saudade que perdura, que aumenta e que magoa. A Saudade. Essa tão dolorosa palavra que está sempre incluida de maneira tão forte em cada Despedida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.