Outros

APAC

23 Outubro, 2014

Há alguns dias, apareceu aqui na rua uma husky siberiana muito assustada e muito mal tratada, a qual tentámos recolher. No dia em que finalmente nos deu a mão, entrámos em contacto com a associação protectora dos animais do Cadaval, a APAC. Disponibilizaram-se de imediato para a resgatar e prestar os cuidados médicos necessários.
Hoje, tive a oportunidade de a ir visitar e aproveitar para conhecer o espaço de apoio em primeira mão. Devo dizer-vos que a dedicação que me foi demonstrada a todos aqueles patudos que por ali vão sobrevivendo, é completamente surpreendente e para vos ser sincera colocou-me um sorriso no rosto. O espaço apesar de não ser o edificio mais novo que possam imaginar, está muito bem tratado e limpo. Por lá existem dezenas de patudos á espera de um lar. A husky siberiana que resgataram na minha rua já responde ao nome que lhe foi atribuido. Kira. E eu não resisto em não a trazer para casa. Assim que arranjar o espaço em que a grande Kira vai ficar, vem logo comigo para casa sem mais discussão. Mas nem só a Kira poderia vir para casa comigo. Assim que vi todos aqueles animais a pedir por mais um afecto que fosse, o coração encheu-se de lágrimas, mesmo sabendo que ali são muito bem tratados e tive a prova disso.
Os meus parabens á APAC por todo o trabalho que fazem para ajudar os patudinhos da nossa zona e por tratarem tão bem deles. Fiquei orgulhosa por termos uma associação assim tão perto de nós. Tal foi o orgulho que a vontade de ajudar foi mais forte e fiquei mesmo com a vontade de me inscrever como voluntária, mesmo sendo um pouco complicado devido ao meu horário de trabalho.
Mas para quem quiser ajudar, seja com trabalho voluntário ou monetáriamente que entre em contacto com a associação, porque ajudas nunca são demais, sejam elas de que forma forem.

(alguns dos pequeninos á espera de um lar)
(a fofinha da Kira)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.