Life

Ai ai caramba!

16 Fevereiro, 2016

Seria de supor que quando alguém se chega perto de nós e nos diz “Estás mais magra”, que isso fizesse o nosso dia e que pelo menos nos deixasse um sorriso no rosto durante as horas seguintes, pelo menos até passarmos pela montra de bolos mais próxima. Mas no meu caso é mais o inverso, e quando alguém me diz algo como isso é sinal que a coisa não está a correr muito bem, e o meu peso continua a baixar sem razão aparente. Ou melhor, aparente é, acho que podemos culpar tudo no stress dos últimos tempos que não têm sido os mais fáceis, e juntando isso ao cansaço e à falta de descanso é mais do que normal. Digo eu.

Ao contrário das outras pessoas, não me importava de ver uns 3 ou 4 kilinhos a mais na balança, o que seria sinal de que estava mais saudável. E deixem-se lá de coisa que as modelos são magras e não-sei-o-quê, porque há magreza e magreza e muito sinceramente não me apetece entrar por esse caminho. Gosto de ser magra sim senhor, mas uma magra que se sinta e aparenta saúde, e neste momento não me sinto nada disso. E sabemos que a coisa é grave quando conseguimos vestir novamente um par de calças dos nossos 15 anos.

Antes que me perguntem, sim eu como bastante bem, como em grandes doses, e não, não posso abusar da comida cheia de gordura e açucares (que talvez ajudasse) devido ao meu colesterol alto. Por isso não me convidem para jantar em vossa casa com o objectivo de me encher de batatas fritas na tentativa de me ajudar a ganhar mais algum peso.

Talvez o que seja preciso é mesmo uns dias de descanso a sério e muita, mas muita calma, que o stress de todas estas coisas dos últimos tempos rebentam com uma pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.