Vamos falar de transparencias?

As transparencias são das grandes têndencias tanto para esta estação, como a próxima, e isso já está mais do que definido e a pouco e pouco vai ficando interiorizado por nós. Fiquei surpreendida por gostar de peças que sigam esta linha de estilo, e já vi por essas lojas fora alguns modelitos bastante interessantes, que quando usados com classe devem tornar um look em algo simplesmente fantastico e moderno. Mas também acredito que muitas criaturas, adolescentes ou não, que tentam desesperadamente utilizar tudo o que apareça nas lojas mesmo que as mesmas peças não sejam indicadas para o seu tipo de corpo,  vão conseguir fazer desta tendencia algo assim a puxar para o abadalhocado e sem jeito nenhum. Já vi isso acontecer com as leggins e os crop tops, portanto não me parece nada estranho que venha a acontecer agora novamente.
Quem aderiu á moda das transparencias, e muito bem devo dizer, foram as estrelas de hollywood. E um exemplo disso foram as vestimentas (e por vestimentas refiro-me aos vestidos lindos dignos apenas de passadeira vermelha) que a maior parte delas utilizou nas festas que se seguiram á grande gala dos óscares de 2015.

Rita Ora, em Dona Karen na festa da Vanity Fair
Gosto deste modelito, mas tiro-lhe o chapéu pela coragem de o usar em publico e de uma maneira tão confiante. Se ela queria marcar a diferença, devo dizer que conseguiu em pleno. 
 
Heidi Klum, em Versace na festa do Elton John
A fofinha da Heidi está sempre bem, penso que não me lembro de alguma vez a ver mal vestida ou com algo que não lhe assentasse que nem uma luvinha no corpo, mas este Versace coloca alguns dos seus ateriores modelitos bem no fundo da tabela. 
 
Gigi Hadid na festa da Vanity Fair
Tenho de confessar que este é sem dúvida o meu preferido e que aqueles sapatinhos me deram volta á cabeça. Contido, mas original e com as transparencias no sitio exactos onde deveriam estar. Este sim, era daqueles que podia bem utilizar caso tivesse eventos para isso. 
 
Jennifer Lopez na festa da Vanity Fair 
Nesta noite, a nossa querida Jenny from the Block decidiu dar usar e abusar das transparencias num look que acaba por me fazer lembrar as estrelas de Hollywood dos anos 50. O glamour e a sofisticação são conbinados com o estilo atrevido, reprentado pelo decote. que a atriz e cantora já nos habituou e que lhe assenta tão bem.
 
Lily Collins, na festa da Vanity Fair
Gosto mesmo muito deste modelo que a actriz levou á festa da Vanity Fair. É o meu segundo preferido e mais um daqueles que não tinha problemas em usar, até porque neste vestido a roupa interior podia ser utilizada, o que já não me causa tanta comichão no nariz, Acho que está tudo em equilibrio neste look.
E depois de tantos vestidos lindos e maravilhosos, cheios de glamour, classe e brilho, eis que não podia faltar a “ovelha negra” que utilizou as trânsparencia, e não querendo ofender ninguém, de uma maneira mais a puxar para algo como “meninas-ali-da-borda-da-estrada”. 
 
Irina Shayk, em Atelier Versace na festa da Vanity Fair
Tudo acerca deste vestido está mal (pelo menos a meu ver, mas opniões são opniões e cada um tem a sua). Parece que a menina Irina deu numa de rebeldia após a separação lá do seu Cristianinho e lembrou-se de utilizar um macacão repletos de contas e brilhantes, com uma parte em vestido que mais parece um casaco cortado ao meio? A conjugação desta peça não foi de todo bem concebida e parece algo saido da loja dos chineses e não algo com nível suficiente para a ocasião em questão. Não o acho bonito por mais angulos que olhe. Sem dúvida, o pior deles todos. 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *