One Republic no Meo Arena

Nunca tinha posto os pés naquele que é o magestoso edificio dedicado aos espetaculos em Lisboa. O grande Meo Arena também conhecido como o antigo Pavilhão Atlantico. E a primeira vez que o fiz, foi com direito a casa cheia. Foi exactamente na passada sexta-feira (21/11) que os One Republic tomaram conta daquele palco que recebe apenas os melhores dos melhores, e aos quais eu tive a oportunidade de ver ao vivo. Foi das melhores experiencias. E apesar de para muitos, não ser nada de especial, passo a explicar que para quem apenas tinha visto o Tony Carreira no centro de espectaculos lá da santa terrinha, a coisa toma uma dimensão diferente. Ainda para mais, sendo uma banda que de certa maneira cresceu ao meu lado, e me acompanhou em bastantes momentos da adolescencia. Daí todas as músicas apresentas na noite de sexta-feira me terem deixado completamente emocionada e com uma ou outra lagriminha no canto do olho, já para não falar da voz quase inesistente com que saí do espaço, tal era a cantoria e a gritaria. Houve alguem que me perguntou se tinha parecido uma das miudas histéricas que costuman pedir aos seus ídolos para lhes fazerem um filho ou que gritam sem medo de perder a voz, e muito sinceramente, se por acaso me cheguei a parecer com esse tipo de criaturas, devo dizer que não me importei nem um pouquinho. Até porque existem coisas que apenas se podem viver uma única vez, e os meus primeiros passos pelos corredores e bancadas do Meo Arena mereciam celebração.
Á parte de todo o meu histerismo e felicidade, o concerto foi bastante agradável e imensamento divertido, até porque a minha querida parceira do crime estava a delirar com todo aquele ambiente.
Para melhorar ainda o humor, á saída do pavilhão está um senhor que me entrega um folheto com os próximos grandes concertos e onde se podia ler os The Script marcados para Abril e os Maroon 5 para Junho. Só pensei para mim mesma: “Meo Arena até já.
*We Lived it all*



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *